Cárie dentária

O que são Cáries?

A cárie está relacionada à desmineralização do dente, que ocorre quando tipos específicos de bactérias produzem ácidos que destroem o esmalte do dente e a camada do dente logo abaixo dela, a dentina. É uma doença provocada por bactérias que moram na nossa boca. Quando não é tratada a tempo pode destruir todos os dentes.

Como aparecem?

Quando não removemos a camada de bactérias que se forma quando ingerimos alimentos ou bebidas ricas em açucares, como refrigerantes, balas, sucos e cafés adoçados com açúcar, etc, elas aparecem e podem provocar “buracos” nos dentes. Quando você ingere alimentos que contenham carboidratos (açúcar e amido), estes carboidratos são digeridos pelas bactérias da placa, produzindo ácidos que corroem a estrutura do dente. Com o tempo, o esmalte do dente começa a fraturar por debaixo da superfície, enquanto a parte externa permanece intacta. Quando uma quantidade suficiente de esmalte sob a superfície já tiver sido destruída, a superfície se desmorona, expondo a cavidade de cárie.

Como sei se tenho cárie?

Apenas seu dentista pode dizer com certeza se você tem cárie. Isto porque a cárie se desenvolve embaixo da superfície do dente, onde você não pode vê-la.

Sinais e Sintomas da cárie:

Os sintomas de cárie incluem:

  • Dor de dente
  • Sensibilidade a alimentos e bebidas doces, quentes ou frios
  • Dor ao mastigar

A cárie pode levar a perda dos dentes?

Sim. A cárie descalcifica os dentes, como se os dissolvessem e esta situação pode condenar todos os dentes.

Quem pode ter cárie?

Todas as pessoas que não possuam uma boa higienização e que ingerem varias vezes ao dia alimentos ou bebidas ricas em açúcar.

A infecção da cárie pode afetar meu corpo?

Sim. Quando as bactérias atingem o canal ou nervo do dente pode provocar infecções sérias e que se não forem tratadas, evoluem para outras partes do corpo. São os famosos abscessos, responsáveis pelo inchaço no rosto, produção de grande quantidade de pus e dor.

O que posso fazer para não ter cárie?

A higiene bucal cuidadosa é a melhor forma de evitar a ocorrência de cáries. É preciso remover todos os dias a camada de bactérias que se forma sobre os dentes.

Formas de prevenção à CÁRIES:

  1. Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia, e use o fio dental diariamente
  2. Evitar lanches com alimentos açucarados ou ricos em amido
  3. Visitar o dentista duas vezes ao ano para limpezas e exames

Marque sua consulta aqui.

facebookinstagram

 

 

Mau hálito (Halitose)

O que é halitose?

Halitose significa “mau hálito”.

As causas são:

  • Higiene bucal inadequada;
  • Gengivite;
  • Ingestão de certos alimentos como, por exemplo, alho ou cebola;
  • Tabaco e produtos alcoólicos;
  • Boca seca;
  • Doenças sistêmicas tais como câncer, diabetes, problemas com o fígado e rins.

Como saber se tenho halitose?

Uma forma de saber se você tem mau hálito é cobrir sua boca e nariz com a mão, exalar e sentir o hálito. Uma outra forma é perguntar a alguém em quem você confia como está o seu hálito.

Como prevenir a halitose?

  • Evite alimentos que causam mau hálito.
  • Escove bem seus dentes três vezes ao dia e use fio dental diariamente.
  • Remova a dentadura antes de dormir limpando-a bem antes de recolocá-la de manhã
  • Visite seu dentista periodicamente para fazer uma avaliação e uma limpeza de seus dentes

Se o seu mau hálito persistir mesmo após uma boa escovação e o uso do fio dental, consulte seu dentista.

 

facebookinstagramgoogle

Aparelho ortodôntico, guia prático

Para quem usa aparelho ortodôntico, sabe-se que é preciso ter alguns cuidados especiais com os dentes, principalmente se ele for fixo. Maus hábitos alimentares e pessoais podem ocasionar danos e prolongar o tratamento. Fique atento as dicas para evitar problemas.

Quais são os cuidados pessoais básicos?

Evite roer unhas e morder canetas e lápis. Além disso, evite mexer no aparelho.

Quais são os cuidados com a alimentação?

Evite comer alimentos pegajosos ou duros como balas, chicletes e pirulitos. Quando for comer frutas ou vegetais, corte-os em pedaços. Também vale lembrar que morder gelo ou comer lanches muito duros também prejudica.

Como conter os danos causados pelo aparelho ortodôntico?

Caso seu aparelho solte o fio ou o bracket, utilize cera ortodôntica para evitar feridas na boca. Depois é só informar o dentista o ocorrido para que ele faça a manutenção do aparelho.

O que devo fazer no dia em que meu aparelho for ajustado para diminuir o desconforto?

Pode-se pedir orientação para o dentista a respeito de um analgésico para dor. Ingerir alimentos líquidos e pastosos ajuda a minimizar o desconforto neste momento.

Existe um fio dental especial para quem usa aparelho ortodôntico?

É recomendado o uso do fio ou fita dental para quem usa fixo, ele desliza melhor entre os dentes e garante melhor limpeza. Pode-se utilizar um passa-fio para facilitar a utilização do fio dental. Saiba mais.

Qual a melhor escova para quem usa aparelho ortodôntico?

A melhor escova dental é aquela que remove a placa bacteriana. Se a sua escova convencional estiver removendo a placa, continue com ela. Se caso estiver sentindo dificuldade de higienização, compre uma própria para quem utiliza aparelho ortodôntico. Entre em contato saiba mais com a ortodontista.

 

facebookinstagramgoogle

Afta, como se livrar do desconforto

O que é Afta?

A afta é uma das lesões mais comuns na boca, tem um aspecto ulcerado de tamanho bem pequeno e delimitado em diferentes pontos da boca ou de  forma isolada.

Quais as causas?

Podem surgir de forma espontânea ou ao mínimo trauma e sua
cicatrização ocorre de forma espontânea.
O estresse e alterações hormonais também pode estar relacionadas com seu aparecimento. Podem surgir após o consumo de determinados alimentos.

Quais os tipos de afta?

● Menor: Cerca de 80% dos casos. O tamanho não passa de 1cm
de diâmetro e regride espontaneamente em até 14 dias;

● Maior: 10-15% dos casos. Pacientes relatam uma dor severa e
o tamanho é superior a 1cm. Demoram até 6 semanas para
regredir e costuma deixar cicatriz;

● Herpetiforme: Rara. De até 3mm de diâmetro. Pode ocorrer em
qualquer parte da mucosa oral e levam até 14 dias para regredir.

Qual o tratamento e remédio para a afta na boca?

Pomadas devem ser prescritas pelo seu dentista de confiança. Aplicações de laser de baixa intensidade também apresentam resultados muito positivos.

Para maiores dúvidas, entre em contato com a dentista.

 

Higienização com aparelho dental

Primeira etapa:

Fio dental com a ajuda do passa fio.

Insira o fio dental no passa fio e passe a ferramenta entre o fio do aparelho e o dente, depois é só usar como de costume.

Segunda etapa:

Escova ortodôntica em 45º

Faça movimentos de vai e vem por cima do braquete e depois uma leve inclinação na gengiva. Limpe a língua e a parte de trás dos dentes.

Terceira etapa:

Escova interdental

Se tiver os dentes separados, passe entre eles ou limpe as peças do aparelho.

Quarta etapa:

Enxaguante bucal

Faca o bochecho por 30 segundos, lembre que isso não precisa ser feito todos os dias.

Entre em contato saiba mais com a ortodontista.

 

Abandonei o tratamento ortodôntico, e agora?

Abandonar o tratamento significa perder todo o tratamento já realizado. Os dentes podem sofrer movimentações indesejadas, voltar para a posição anterior,
pode ocorrer problemas na gengiva e osso ou aparecimentos de cárie dentária.

Se você mudar de dentista ou de cidade, pode solicitar toda a sua documentação ortodôntica e procurar outro profissional. É necessário também assinar um termo de desistência.

O mais importante é não abandonar o tratamento e procurar um dentista sempre.

Entre em contato saiba mais com a ortodontista.

 

Bruxismo infantil

O hábito de ranger os dentes involuntariamente é comum entre os pequenos e por isso é importante agir para evitar o problema. Ranger os dentes é comum até os seis anos de idade, já que a boca está aos poucos crescendo e acomodando os novos dentes.No entanto, o hábito deve ser observado já que o bruxismo também pode ser um reflexo de problemas emocionais.

O bruxismo infantil pode ser causado por ansiedade e stress decorrentes. Além dos motivos emocionais, o bruxismo também pode estar relacionado a diferentes problemas , seja a má oclusão, que pode ser provocada pelo uso excessivo de chupeta ou mamadeira, problemas de respiração como asma ou rinite, deficiências nutricionais ou até fatores hereditários.

Se o problema estiver relacionado ao alinhamento dos dentes é necessário algum tipo de tratamento ortodôntico, como a colocação de aparelho.

Existem também algumas maneiras de tentar prevenir ou ao menos minimizar o problema em crianças. Incentivar a mastigação desde pequenos é uma delas.  Do lado emocional, tentar estabelecer uma rotina de atividades que não seja pesada para a criança pode ajudar. Estabelecer um ambiente tranquilo na hora de dormir também pode ser efetivo para diminuir a tensão da criança e evitar o bruxismo.

De qualquer forma, a melhor maneira de saber o tratamento ideal para o bruxismo é consultar um dentista.

 

Câncer de boca

É o câncer que afeta lábios e o interior da cavidade oral.

O câncer do lábio é o  mais comum em pessoas brancas e ocorre mais frequentemente no lábio inferior.

Os fatores de risco são:

  •  Tabaco : cerca de 90% dos pacientes diagnosticados com câncer de boca eram tabagistas.
  •  Etilismo : o consumo regular de bebidas alcoólicas aumenta o risco de câncer de boca.
  • Vírus HPV : está relacionado a alguns casos de câncer de boca.
  • Radiação solar: A exposição ao sol sem proteção representa um risco para o câncer de lábios.

Os principas sinais são:

  • Lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias.
  • Manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, palato e mucosa jugal.
  • Nódulos no pescoço.
  • Rouquidão persistente.
    Nos casos mais avançados:
  • Dificuldade de mastigação e de engolir.
  • Dificuldade na fala.
  • Sensação de que há algo preso na garganta.

Se diagnosticado no início e tratado da maneira adequada, a maioria dos casoscasos  tipo de câncer tem cura. Geralmente, o tratamento emprega cirurgia e/ou radioterapia. O principal é fazer a prevenção, fazendo o autoexame ou visitando o dentista.

 

Tipos de aparelhos ortodônticos

  • Aparelho fixo convencional

Esse é o tipo mais comum. Possui bandas, fios e/ou braquetes. Exige um cuidado maior na sua higienização.

  • Aparelho fixo estético

Possui a mesma função que o aparelho de metal. Porém, esse modelo é feito de materiais transparentes, mantendo assim uma melhor estética quando comparado  ao metálico.

  • Aparelho móvel

Muito eficaz para crianças. Mesmo que seja móvel, seu uso deve ser constante. Deixar de usá-lo regularmente pode prejudicar todo o resultado do tratamento.

  • Aparelho alinhador

Mais usado em tratamentos odontológicos estéticos, os alinhadores são quase invisíveis. Os alinhadores promovem um tratamento não só higiênico, mas estético, com menos dores e mais eficiência nos resultados.

  • Aparelhos Autoligados

Um aspecto do aparelho autoligado que agrada muitos pacientes diz respeito à estética. Como os braquetes são menores e sem o uso de “borrachinhas”, isso colabora na estética.

Para maiores dúvidas, consulte a dentista. Entre em contato saiba mais com a ortodontista.